quinta-feira, outubro 11, 2012

CORTINAS como Escolher a sua...

Oi !!!!!!a todos que seguem e acompanham com carinho este espaço.

Andei sumida, mas estou de volta para atualizar com mais frequência este blog e colocar passo a passo trabalhos de restauração e criação de novos objetos com reciclagem.

No entanto vou falar um pouco agora de algo muito importante para a decoração do seu espaço, não só para vestir ambiente, mas para proteger seus móveis do sol, dar estilo ao seu ambiente e controlar a luminosidade. A CORTINA.

Fiz não faz muito tempo um trabalho curso de Design onde eu e outras colegas fomos a fundo no tema cortina, tanto em termos de estudo, como parte que compoêm a mesma, tipo de cortinas, história e curiosidade, claro que não vou colocar o trabalho completo e extenso aqui, mas deixar um pouco que aprendi para dividir com vocês. Até mesmo como calcular o que vai  de tecido na montagem da cortina.

Devido ao tamanho da área que ocupam, as cortinas têm um papel fundamental na decoração de uma casa. Além de serem importantes como fator decorativo, participando da composição da parede com a qual devem estar harmonizadas, as cortinas têm também a sua função, os seus fins utilitários, tais como o de emoldurar as janelas e oferecer beleza e conforto, temperar a iluminação recebida pelas salas, controlar a acústica e eliminar ecos, disfarçar os elementos desagradáveis da arquitetura e assegurar intimidade aos seus ocupantes.
Antes de escolher o modelo certo de cortina é preciso fazer as seguintes perguntas:


- Quero bloquear a luz?

- Quero deixar a luz entrar, sem perder a privacidade?

- Quero deixar a luz entrar, porém quero que os raios de sol não estraguem o piso, o mobiliário e os eletrônicos?

- Quero isolar os ruídos externos?

- A cortina será um componente decorativo neutro ou será um centro de interesse?

- Como é a arquitetura da casa?

- Qual é o tamanho do ambiente?

- Como abrem e fecham as janelas?

- Como é a decoração do ambiente?


Cortinas criativas, com ilhós e decoradas com criatividade



Cortinas Rollô

Cortinas de Sarja

Cortinas leves de Voil

Seja qual for a cortina escolhida... saiba que todo o contexto tem que ser harmônico, e trabalhar junto na mesma linguagem decorativa do ambiente.   Além é claro da escolha do tecido do tipo de cortina,, voil, shantung, linho, tafetá, poly linho, gorgurão, chefron ainda temos tipo de prega a ser usada, , vai ser de prega americana, prega fêmea, prega macho, prega balão. Como vai ser fixada, varão, trilho,com ilhós , passantes ou argolas. Quais serão os detalhes decorativos... etc...   Muita informação para escolher uma cortina não é mesmo.   Segue um facilitador. Como calcular uma cortina padrão, profissional. Primeiro, tenha em mão a planta da parede onde ela vai ser fixada, uma cortina nas medidas de convensões não se limita apenas a medida da janela ou porta onde ficará, mas de no mínimo 20 cm de cada lado a mais e em cima e em baixo, de modo que quando for aberta ela possa mostrar a janela toda, entrar claridade por completo, possa controlar a mesma com o tipo de abertura da mesma.   O tipo de tecido que se usa, determina a quantidade, tecidos mais leves e transparentes como o voil, requerem mais panos  ou forros.

Partindo da medida de 3mt de largura o tecido que vai ser usado. Para Voil se usa de  3 a 4 panos da largura da janela no comprimento que fique 20 cm acima da janela e fique sobre o chã arrastando com uma barra de 30 cm. Para tecido mais grosso, 2x a largura da janela. O chique da cortina é que ela arraste no chão. com uma dobra de 30cm. Nas laterais 2cm de cada lado, na barra as laterais da barrão vão costuradas apenas 1/3. Acredito que muitos se perguntam pra que tanto tecido, porque a barra atirada ao chão, tudo isto é o que produz o caimento da mesma, frizar as marcas e linhas verticais da cortina, que dão todo charme no ambiente. Existem diversos revistas de cortina com passo a passo na hora da costura. Aqui mesmo neste blog, postei uma de ilhós. Fica aqui a dica. Cortinas curtas apenas para ambientes onde tem um móvel embaixo da janela o bonito são as longas e arrastando no chão deixando as marcas das pregas até em baixo, vestindo não só a janela como parte da parede.    

Nenhum comentário: